[ Remember the past ] Dia 8 – Será que sou um animal de estimação?

Acordei hoje de novo com novos exames de sangue e nada de pensar que eu acordei tarde, 08h00 eles já estão aqui: “Bom dia, Guilherme. Vamos coletar sangue?”. Acordar com uma pergunta dessas é pedir para ir para aquele lugar! Sorte que não consigo nem pensar direito no que está acontecendo, só sinto a agulhada e a pessoa do laboratório indo embora! hehehehehehehe

Hoje fiz o PET Scan (PET/CT). Explicação rápida:

  • PET, Tomografia por Emissão de Pósitrons, é uma nova técnica de Medicina Nuclear, portanto semelhante às cintilografias, que consiste na injeção de uma substância radioativa (fluordesoxiglicose-FDG) e posteriormente na obtenção das imagens de corpo inteiro de sua distribuição;
  • O princípio do PET baseia-se na capacidade que tem as células tumorais de concentrar glicose (FDG) com muito maior avidez que os tecidos não tumorais. Portanto ao se realizar imagens de corpo inteiro é possível detectar-se áreas tumorais.

Eu ainda acho que é para ver se é um animal de estimação ou não! Bom, o exame é relativamente rápido (uns 40 ou 50 minutos) o problema é que você tem que receber esse contraste radioativo que vem do IPEN (Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares). Isso mesmo, é radioativo. Você fica uma hora isolado do mundo atrás de uma porta de uns 5 cms de grossura. Isso tudo para garantir que você não vai ficar verde e virar o Hulk ou virar o homem-aranha! Além disso, tem que tomar aquele maldito contraste com suco de novo! Além disso, depois disso tudo, nem para o xixi brilhar no escuro, muito sem graça! O contraste chega dentro de uma caixa de chumbo com cada parede de mais ou menos uns 3 cms de grossura. A ampola vem dentro de um cilindro de chumbo de uns 5 cms de diâmetro, isso tudo para proteger as enfermeiras que ficam ali o dia todo.

Durante o exame foi sussegado, o problema é o sono que dá. Ele passa pelo corpo inteiro, parando por uns 5 minutos em cada parte! Você fica numa posição extremamente desconfortável e fica com uma campainha na mão por se passar mal parar o exame. O problema é que se parar o exame ele tem que recomeçar, independente de quanto tempo faltava para terminar! No meio eu comecei a ficar com sono e quase derrubei a campainha, dai eu ia segurar e quase apertava o botão! Puts, ia ficar puto se parasse e voltasse desde o começo!

Abraços,
Gui Mori

2 thoughts on “[ Remember the past ] Dia 8 – Será que sou um animal de estimação?

  1. PET Scan…p ver se tem animal de estimação! ahuhauhuahuahuhau
    Continue postando q vou tentar me manter atualizada!!!!! Tudo mto interessante, Gui!

    Beijocas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *