[ Remember the past ] Dia 13 – O dia seguinte

A quimio durou mais do que imaginavamos. Os três primeiros remédios são só para não passar mal, mas mesmo assim deu rolo. O quarto tem como efeito colateral:

  • Vermelhidão;
  • Coceira;
  • Tosse;
  • Fechar a garganta;
  • entre outros.

No meu caso eu tive também um ataque de gargalhadas. Minha mãe, que está dormindo todos os dias aqui no hospital, não sabia se entrava em desespero ou se dava gargalhada comigo. O negócio foi mais ou menos assim: primeiro meu braço direito começou a coçar, depois a barriga e o peito, depois o braço esquerdo e depois as costas. Por último: tudo ao mesmo tempo. Não conseguia parar de rir, minha mãe disse que eu estava vermelhão! Chamamos a enfermeiras, ela deu um antialérgico e depois de cinco minutos eu estava normal. O problema é que esse remédio vai subindo a velocidade, mas teve que deixar indo bem lento! Ele demorou umas 6 horas no total, 4 delas eu dormi, foi tudo o que dormi nessa noite. Quando era umas 5h00, a bomba do remédio (ele vai injetando por bomba porque tem que ser bem controlado) apitou porque acabou o remédio: minha mãe acordou desesperada e correu por todos os lados do quarto que nem uma barata tonta, sem fazer absolutamente nada! Resultado: novo ataque de riso! hehehehhehe

Os últimos remédios foram super sussegados. O último até lembra groselha e deixa o xixi bem vermelho!

O dia começou sussegado, mas chegou uma hora que eu não estava me sentindo nada bem! Tive muita tontura e nausea, fiquei de cama o dia inteiro e tomei uns remédios para melhorar! O problema é que o resto do dia fiquei bem zoado! Vou dormir!

Abraços,
Gui Mori

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *