Toda ajuda conta!

Sempre me perguntaram como aguentei todo o tratamento durante o Linfoma que tive há mais de dois anos, afinal, ninguém é de ferro! Mas é bastante simples: toda ajuda conta, começando por mim mesmo.

Todos sabem muito bem que eu sempre disse que força vinha 80% de mim e 20% da minha família! Mas que esses 80% são impossíveis de serem atingidos se os 20% não forem encontrados. E de onde vem esses 20%? Fácil, de pequenos gestos de pessoas próximas! Desde uma pequena visita no hospital para ver como estão as coisas (nem que seja só uma vez e bem rapidinha), até você ouvir que alguém que você gosta tanto seria capaz de desistir de um emprego só para poder ficar do seu lado, como ouvi meu irmão dizer!

As vezes a ajuda pode vir quando você menos espera, quando estava discutindo com minha mãe e ela disse que por mim “ela limpava o ar até o último vírus”, só para eu poder sair por aí sem me preocupar.

Como toda ajuda conta, estou aqui hoje para divulgar uma campanha da ABRALE! Como todos sabem, a ABRALE ajuda pacientes e familiares de Linfoma e Leucemia no Brasil TODO! Conheço bem o trabalho deles, e não divulgaria se não acreditasse na proposta! Durante meu tratamento tive acesso à tudo, mas muitos não possuem, e a ABRALE está aí para isso: apoio psicológico, advogados, palestras, dicas e muito mais! A ABRALE me ajudou indiretamente, dando apoio à minha mãe nos momentos difíceis, e hoje ela ajuda com trabalho voluntário. Meu pai também acredita nesse projeto, então realiza doações anualmente para esta causa!

Vocês lembram do Reynaldo Gianecchini, né? Claro, quem não lembra! Ele também ajuda a ABRALE fazendo toda a campanha GRATUITAMENTE, assim como eu e muitas outras pessoas envolvidas!

Ajudem a ABRALE, acessem e doem o quando quiser e puder! Afinal, TODA AJUDA CONTA!

Abraços,
Gui Mori