Perfeição da máquina

Lembro uma vez que estava conversando com um amigo meu da faculdade (que depois de se formar em administração decidiu fazer medicina e passou na primeira tentativa) sobre a perfeição da máquina que é o corpo humano. Ou melhor, sua quase perfeição, pois erros acontecem. As células se reproduzem de maneira MEGA complexa, edurante essa reprodução podem acontecer erros. Alguns erros são positivos, outros neutros… e alguns negativos, é assim que a coisa funciona.

É uma coisa mágica (hahaha)! Essas mutações podem levar a comportamento inesperado de divisão de células de forma incontrolada. Temos assim um … – wait for it – … câncer! Mas, se as células se dividem constantemente e geram por volta de 120.000 erros na replicação do DNA cada vez que fazem isso… como é que nem tudo vira algo ruim? Aí é que entra a perfeição da máquina… e do seu sistema de correção de erros (se é que podemos falar assim). O vídeo abaixo explica muito bem tudo isso, tem 9-10 minutos, mas vale muito a pena, encontrei enquanto lia no Gizmodo:

Espero que gostem!

Abraços,
Gui Mori

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *