Paris – Dia 6: Museu D’Orsay, Notre Dame, Conciergerie e Pompidou

Dia de ficar em Paris de novo e conhecer mais um monte de coisa bonita! Acordamos cedo com nossos sandubas (para variar) e seguimos em direção ao Museu D’Orsay. Fica a dica que mesmo chegando cedo tem bastante fila! Não lembro ao certo quanto tempo ficamos, mas levou um tempinho até entrar. Outra coisa: como mostra a foto abaixo, é proibido tirar fotos lá dentro:

D'Orsay

Não me pergunte como fizemos isso, mas nem todo lugar tem segurança olhando! Então para a felicidade da Bru, conseguimos tirar algumas fotos lá dentro.

D'Orsay D'Orsay D'Orsay D'Orsay D'Orsay D'Orsay D'Orsay D'Orsay D'Orsay D'Orsay D'Orsay

Depois de visitar o museu, partimos para nossa busca do famoso corcunda de Notre Dame. A catedral é bem bonita, também tem bastante fila, mas anda até que rapidinho e o pessoal vai andando no fluxo! Se procurarem direito, em uma das fotos da torre é possível ver uma pessoa estranha ao lado do sino que parece ser corccunda… seria ele??? ahahaha

Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame Catedral de Notre Dame

Logo ali perto está a Conciergerie e a Sainte Chapelle, algo do tipo 5-10 minutos andando. A fila da capela esta bem grande, e para ver o museu (com coisas bem diferentes) não precisavamos pegar fila por conta do Paris Museum Pass então optamos por ir lá primeiro. É bem rapidinho, mas na hora que saímos o guardinha da capela disse que a fila era grande de mais e que ninguém mais entrava depois daquele ponto por causa do horário de fechamento. Deixamos a Sainte Chapelle para outro dia (não que tivesse muito mais hahaha)!

Conciergerie Conciergerie Conciergerie Conciergerie Conciergerie

Quer dizer, esse museu era estranho até conhecermos o Pompidou! Esse sim tem coisas estranhas, começando pelo prédio completamente alternativo no meio de Paris! Todo colorido e com estrutura metálicas. Tinha que subir uma escada rolante que dava uma visão bem bacana de alguns pontos de Paris, e mais uma vez nossa sorte falou: pegamos o pôr do sol com essa vista! Dentro do museu tem obras que você pode “entrar” e chegar bem perto! Para fugir um pouco dos mesmos tipos de museu vale a pena!

Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou Pompidou

Saindo do museu, a melhor coisa do mundo fica bem na frente da saída! Independente se é frio ou calor, sorvete é a melhor coisa do mundo! Ainda mais se for Amorino. Voltamos para a Champs Élysés para jantar (um tempinho depois do sorvete) e comer uma carinha com fritas e um vinho! Não tem melhor jeito do que esse para encerrar o dia! hahahaha

Amorino Amorino L'Entrecote de Paris L'Entrecote de Paris

Abraços,
Gui Mori

Paris – Dia 5: Fontainebleau e Palais Royal

O quinto dia foi outro para visitar um palácio, mas dessa vez bem mais longe, em Fontainebleau mais para o sul de Paris. Para variar, preparamos lanchinhos para comer no caminho de café da manhã, nada melhor do que pãozinho com queijos! hahahaha

Depois de pegar o trem e um ônibus, chegamos no chateau que é bastante diferente do de Versailles, começando por estar bem mais vazio! Por um bom tempo pensamos que estava fechada, não tinha nenhuma placa e ninguém que não fosse turista. Aproveitamos para ver o exterior até descobrir que era só entrar em uma das portas para ter acesso.

Château Fontainebleau Château Fontainebleau Château Fontainebleau Château Fontainebleau Château Fontainebleau Château Fontainebleau Château Fontainebleau

Como estavamos com o Paris Museum Pass, não precisamos pegar fila e já entramos direto para ver por dentro. Bem menor que o de Versailles, mas bem diferente também, o Château de Fontainebleau é bem bonito por dentro. O jardin também é beeeem menor e mais simples, por esse lado, Versailles é mais bonito! Mas no inverno, aparentemente é tudo bem parecido hahaha

Château de Fontainebleau Château de Fontainebleau Château de Fontainebleau Château de Fontainebleau Château de Fontainebleau Château de Fontainebleau Château de Fontainebleau Château de Fontainebleau Château de Fontainebleau

Aproveitamos que estavamos lá para conhecer o INSEAD, uma das melhores escolas de negócios do mundo! hahaha

INSEAD INSEAD INSEAD

Voltamos para Paris e aproveitamos o resto da luz do dia para visitar o Palais Royal, uma praça com umas coisinhas diferentes, e um pessoal mais velho jogando botcha com bolinhas de metal na areia! hahaha Como era perto da Bastilha, aproveitamos para passar lá e comer um Croque-madame e um Croque-monsieur! O lugar foi indicado pelo meu irmão, e chama Café-philo des Phares.

Palais Royal Bastilha Bastilha Palais Royal Palais Royal Palais Royal Café-philo des Phares Croque-madame e Croque-monsieur

Claro que antes de voltar para o hotel, passamos no mercadinho e visitamos a Torre Eiffel a noite (a paixão da Bru). Nessa noite variamos um pouco, não foi vinho, e encontramos Twix de chocolate branco!!!!

Torre Eiffel Twix Chocolate Branco Smirnoff Ice Litrão Torre Eiffel Torre Eiffel

Abraços,
Gui Mori

Paris – Dia 4: magníficos portões dourados do Château de Versailles

O dia amanheceu mais frio, e aquela dificuldade de levantar da cama que já estava bem quentinha pela manhã, para tirar o pijama e vestir os pequenos, grandes, gigantes casacos do frio! Saímos rumo ao metrô para pegar o trêm para Versailles que não fica muito longe de paris, algo em torno de uns 30/40 minutos de trem…

Trem para o lado errado

isso é… se você pegar o trem para o lado certo! O primeiro erro de Paris! Existem duas estações chamadas Versailles, mas só uma é do lado certo. A dica mais fácil é: se sua plataforma estiver vazia, quase certeza que você irá para o lado errado. E não adianta perguntar para o tio que abastece as máquinas de balinhas e salgadinhos da estação, que por mais que você diga (em frânces) que você é brasileiro e não fala francês, ele não vai te ajudar e vai apontar para a tela.

Andamos um bom caminho para o lado errado, mas por sorte eu olhei o celular para ter idéia da onde estavamos e descemos na primeira estação que o trem parou, no maior frio que pegamos por lá e com muita neblina! Óbvio que até chegar o trem seguinte para o lado contrário, tiramos fotos no meio do nada.

Estação no meio do nada Estação no meio do nada Estação no meio do nada

Trocado o sentido e passando por dentro de Paris de novo, o trem começou a ficar bem mais cheio e fazer muito mais sentido o que estava acontecendo. Perdidos uns 40 minutos da manhã (entre ir e voltar do lugar errado) chegamos nos gloriosos portões dourados do Château de Versailles!

Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles

 Tinha uma fila imensa na nossa frente, mas não seria um problema se não tivesse um grupo de crianças que não paravam quietos, sem os pais para controlar, comendo sei lá o que e brigando pela comida! Enfim, maior festa do caqui na fila e quando era para andar não prestavam atenção e sempre tinha um correndo para um lado e os outros berrando! Dentro do castelo é bastante lindo, em dias de frio eu recomendo passar um bom tempinho lá dentro (porque é quente hahaahaha), porque é bem bonito: atenção! tem uma hora que começa a ficar meio repetitivo e começamos a andar mais rápido (já estavamos lá dentro fazia umas duas horas).

Apésar do frio intenso, saímos do castelo para visitar os jardins, que por ser inverno estava bem “feio”! As estatuas estavam com frio e por isso estavam cobertas, estava bem neblina e o mais legal foi vetado! Para passear pelos jardins é possível alugar um carrinho de golfe para umas 4-5 pessoas. Mas a decepção não foi por não ter mais carrinhos disponíveis, mas por ter que ter no mínimo 25 anos para alugar o carrinho (um lixo ahhahaha). Acabamos andando um pouco por lá antes de sair. Mas queremos voltar um dia na primavera para ver como fica (claro, não somos bobos). Passamos para almoçar (quase no final da tarde) em um restaurante que tinha no caminho para a estação de trem

Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles  Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles Château de Versailles

Pegamos o trem de volta para Paris, dessa vez não tinha como errar o lado, era a estação final! hahahaha Como já estava de noite, fomos andando até a Esplanade des Invalides em direção à Torre Eiffel. O lugar fica mega iluminado durante a noite e dá para tirar algumas fotos, mas pena que ainda não tinha o tripé para tirar as fotos mais legais. A melhor parte de ter feito esse percurso é que descobrimos um carrefour e fizemos as compras para preparar os lanchinhos do dia seguinte.

Esplanade des Invalides Esplanade des Invalides Esplanade des Invalides Esplanade des Invalides Esplanade des Invalides Carrefour City Esplanade des Invalides

Chegando na Torre Eiffel, percebemos que escolhemos o dia certo! Se de manhã estava com neblina, de noite estava muito pior! Não tinha como ver a torre para cima do primeiro andar, era pura neblina. Legal é o efeito que fica, de tudo bem iluminado, mas sem ver absolutamente nada. Depois de ficar um bom tempinho ali, voltamos para o hotel, compramos nosso vinho noturno e chocolatinho (hahaha) e preparamos nosso lanche do dia seguinte.

 Torre Eiffel Torre Eiffel   Torre Eiffel  Vinho e chocolate Ingredientes do lanchinhoPreparando o lanchinho

Abraços,
Gui Mori

Ho Ho Ho, feliz natal e bom ano novo!

É hoje! Chegou o grande dia! Estamos indo para Paris passar natal e ano novo!!! Como prometido, segue nosso mapinha de Paris para vocês usarem!!!


View Paris in a larger map

Espero que ajude! Como vamos estar fora, acho melhor já deixar boas festas para todos!

Feliz natal e ano novo

Feliz natal e ano novo

Um ótimo natal para todos, que 2012 seja muito melhor que 2011 (mas ainda assim pior que 2013, para sempre melhorar hahaha). Boas festas e que o papai noel seja bastante generoso com vocês também!

Abraços,
Gui Mori

FGV, Paris e Endeavor

Uhuuuuul! Demorou, mas chegou! Saíram todas a notas, passei de tudo! E com direito à nota DEZ na entrega escrita do TCC e DEZ na apresentação! Tive bons professores para conseguir isso, né Bru? hahhahahahaha… agora sim: devidamente FORMADO! Sim, acabou a mamata!

Mas antes de acabar de vez, nada melhor do que viajar no natal e no ano novo para Paris!!! Eu e a Bru fechamos algumas semanas atrás a viagem! Vamos ficar 8 dias lá e relaxem, vai ter MUITA FOTO da viagem!!! Depois posto o mapinha (quando estiver 100% pronto) de todos os pontos que vamos para servir (ou não) para quem quiser um dia ir para lá!

E para começar o ano bem, vou trabalhar na Endeavor! Uhuul, emprego novo!!! =)

Abraços,
Gui Mori